sexta-feira, 31 de maio de 2013

França diz que vai proibir cigarro eletrônico em locais públicos

31/05/2013
DA AFP, EM PARIS

A França vai proibir o uso do cigarro eletrônico nos locais públicos e por menores de 18 anos, informou o governo francês nesta sexta-feira, o Dia Mundial Sem Tabaco.
Por ocasião deste dia, a OMS (Organização Mundial de Saúde) encoraja a proibição da publicidade, da promoção e do patrocínio do tabaco, estimando que o tabagismo provoque a morte prematura de 6 milhões de pessoas por ano.
"Queremos aplicar ao cigarro eletrônico as mesmas medidas aplicadas ao tabaco", declarou a ministra da Saúde, Marisol Touraine, à rádio France Info.
A publicidade e o patrocínio das produtoras de tabaco estão proibidos na França e, desde novembro de 2006, é ilegal fumar em locais públicos. Depois dessa proibição ocorreu a popularização do cigarro eletrônico, que funciona com pilhas.
Ao ser aspirado pelo consumidor, o cigarro eletrônico dispersa vapor de nicotina e propilenoglicol nos pulmões (líquido utilizado como refrigerante ou anticongelante).
Kenzo Tribouillard/AFP
Pessoa fuma cigarro eletrônico, em Paris; equipamento será proibido em locais públicos e para menores de 18
Pessoa fuma cigarro eletrônico, em Paris; equipamento será proibido em locais públicos e para menores de 18
O produto, inventado na China, é vendido em vários países como uma solução menos nociva para os fumantes do que os cigarros tradicionais e como um artifício para ajudar quem quer parar com o vício.
No entanto, alguns dizem que seu uso não põe fim ao hábito de fumar.
De acordo com os fabricantes, meio milhão de franceses utilizam a versão eletrônica do cigarro. Em março do ano passado, Touraine anunciou que havia pedido uma investigação sobre o cigarro eletrônico para avaliar os "benefícios" e "riscos" desse produto.
Em maio de 2011, a Agência Francesa de Segurança Sanitária e Produtos de Saúde (Afssaps, na sigla em francês) recomendou que o produto, que só está disponível em sites especializados na internet, não seja utilizado.
RÚSSIA
Na Rússia, uma lei que proíbe o fumo em locais públicos entra em vigor neste sábado (1º). Para poder fumar, será preciso distanciar-se pelo menos 15 metros de aeroportos, estações ferroviárias ou de metrô.
Por enquanto, não estão previstas multas para quem desrespeitar a nova norma, pois ainda não foram adotadas as emedas que vão modificar o código administrativo.

Um comentário:

Blogger disse...

After doing some online research, I've ordered my first e-cig kit off of VaporFi.