segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

China proíbe autoridades de fumar em público

30/12/2013
DA ASSOCIATED PRESS, EM BEIJING

A China, país com o maior número absoluto de fumantes no mundo, resolveu fazer uma nova tentativa para limitar o hábito: proibir autoridades de fumar em público.
Segundo a agência de notícias oficial Xinhua, autoridades não podem fumar em escolas, em hospitais, em eventos esportivos, no transporte público ou em qualquer outro lugar onde o fumo já seja proibido pelo Ministério da Saúde. Também não podem acender ou oferecer cigarros quando estão em atividades oficiais, e nem usar dinheiro público para comprar cigarros. Em gabinetes do governo ou do Partido Comunista, não se pode vender e nem anunciar produtos com tabaco.
Em 2011, o Ministério da Saúde chinês proibiu o fumo em locais públicos fechados, como hotéis e restaurantes, mas há pouca fiscalização. Especialistas dizem que as grandes receitas do monopólio estatal do tabaco atrapalham as medidas antifumo.
A nova proibição tem em sua mira os maus exemplos dados pelas próprias autoridades. O comunicado oficial, divulgado pela Xinhua, diz: "O fumo permanece sendo um fenômeno universal em locais públicos. Algumas autoridades fumam em locais públicos, o que não apenas causa danos ao ambiente e à saúde pública como também suja a imagem de líderes e gabinetes do governo e do partido, tendo influência negativa."
O país tem hoje 300 milhões de pessoas que fumam em sua população de 1,35 bilhão de habitantes. Esses 22% de fumantes formam um contingente maior do que a população inteira do Brasil, estimada pelo IBGE em pouco mais de 201 mil habitantes. Os fumantes chineses transformaram em fumaça 2,5 trilhões de cigarros em 2012, ou 8,4 por fumante, segundo a Associação Chinesa de Controle do Tabaco.

Um comentário:

Blogger disse...

VaporFi is the most recommended electronic cigarettes supplier on the market.